A ARTE

DE

CONTAR HISTÓRIAS

• Ementa: O ato de se contar histórias é uma prática ancestral, através da qual foi possível a transmissão de ensinamentos de geração a geração, mantendo a tradição dos povos que não tinham como fazer um registro de sua história. Assim sendo, o contador representava a memória viva e dinâmica de seu povo, suas descobertas, seus medos, suas explicações sobre sua origem e seu destino, e todos os seus feitos e fatos históricos.

           

• Objetivo: A oficina tem por objetivo a sensibilização de educadores e pessoas interessadas na arte de contar histórias. Criando uma ambiência favorável a recordar e descobrir, a oficina trabalha com o resgate da  memória e da história pessoal de cada um. A memória afetiva, para resgatar os sentimentos que nos constituem como indivíduos e que estão tão esquecidos no mundo de hoje. O afeto como grande incentivador do intelecto.

Mostrando, também, a possibilidade de se contar histórias como elemento sedutor para o interesse pela Literatura. A contação de histórias como incentivo a leitura. Serão utilizados contos populares, autorais, imagens e objetos que  levarão o participante a perceber a importância da oralidade e a possibilidade de ser um contador e criador de  histórias.

 

• Justificativa: O resgate da técnica dos contadores de histórias transporta o ouvinte para os mundos esquecidos ou desconhecidos de sua imaginação. Quem ouve, assim como quem lê, também participa reconstruindo internamente a história com suas próprias emoções, sensações e visão de mundo.

 

• Público alvo : Pessoas de todas as idades interessadas na arte de contar histórias.