MALASARTES – Histórias de um camarada chamado Pedro

 

Quem nunca ouviu falar em Pedro Malasartes, o caipira que de bobo não tem nada e vive tirando vantagem das situações e ludibriando os outros com sua astúcia disfarçada de ingenuidade? Presente em várias histórias da cultura popular, Malasartes é parente literário de Macunaíma e de João Grilo, e pode até ser considerado um personagem "cosmopolita". Segundo Augusto Pessôa, autor de Malasartes: histórias de um camarada chamado Pedro, lançamento da Rocco Jovens Leitores, o espertinho com cara de bobo é encontrado na literatura de vários países, da Ásia à Europa, passando pela África, e pode ser comparado ao Scapino ou ao Arlequim da Commedia Dell’Arte.
Em Malasartes, Pessôa reuniu doze contos protagonizados pelo matuto personagem, colhidos em suas pesquisas sobre o folclore brasileiro. Na apresentação, ele lembra que Malasartes está presente nos relatos de folcloristas como Câmara Cascudo, Basílio de Magalhães e Sílvio Romero, entre outros, "sempre apresentado com os clichês do típico homem do povo: magro, amarelado, aparentemente fraco e feio". Sua distinção dos heróis tradicionais da literatura é que, ao contrário destes, que têm como meta vencer os poderosos e alcançar a felicidade através do casamento e da fortuna, Malasartes vive de pequenas espertezas e busca apenas seu prazer imediato. "Ludibria os poderosos com sua astúcia não para tomar-lhes o lugar ou a fortuna, mas para conseguir uma soma de dinheiro que garanta sua diversão", diz o autor. E depois de torrar os tostões, ele sai em busca de novas aventuras.

Pois este personagem que está mais para um anti-herói nacional é protagonista de boas e divertidas histórias. No livro, ilustrado com maestria por Roberta Lewis, as melhores peripécias do camarada Pedro são recontadas em verso e prosa, ao sabor da tradição popular. Contos como "Um emprego para Malasartes", "A árvore que dava dinheiro", "Sopa de pedra" e o surpreendente "Malasartes no céu", em que o matuto engana São Pedro, e tantos outros presentes no livro, comprovam a sagacidade do caipira e mostram como a cultura popular ainda tem muito o que contar para as novas gerações.

 

DADOS

 

título: MALASARTES: HISTORIAS DE UM CAMARADA CHAMADO PEDRO

assunto: conto popular; infanto-juvenil

editora: ROCCO

isbn: 9788532519962
idioma: Português
encadernação: Brochura
formato: 14 x 23

páginas: 122
coleção: NA BOCA DO POVO

ano de edição: 2007

ano copyright: 2007

edição: 1ª
autor: Augusto Pessôa

ilustradora: Roberta Lewis

Selecionado no Edital do Governo do Estado de São Paulo – 2012/2013